terça-feira, 17 de janeiro de 2017

RN se prepara para o maior campeonato de vaquejada da história

A Associação dos Vaqueiros Amadores do Rio Grande do Norte (ASSOVARN) lança na próxima terça-feira (17), às 19h, o Circuito Assovarn Organnact de Vaquejada O evento acontece no Parque Aristófanes Fernandes em Parnamirim/RN, com um coquetel para convidados.
A grande novidade é a parceria inédita com as associações quartistas do estado. A Associação Norte-Riograndense de Criadores de Cavalo Quarto de Milha (ANQM) volta a fazer parte do Circuito que conquistou cinco títulos nacionais como o melhor do Brasil. Outro parceiro será o Núcleo de Criadores de Cavalo Quarto de Milha de Vaquejada. Há quatro anos, o NQMV tem suas etapas homologadas em paralelo às provas da Assovarn.
A união inédita entre Assovarn, ANQM e NQMV resultará no maior circuito de vaquejada da história do estado do Rio Grande do Norte. Serão R$ 800 mil em prêmios, durante oito etapas. Cada prova contemplará os campeões com R$ 80 mil e ainda pontuará os cavalos Quarto de Milha em seus registros na Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Quarto de Milha (ABQM), com premiações exclusivas para os cavalos.
Durante o evento serão apresentados os parques da temporada 2017, o plano de sócios, detalhes da premiação, a renovação do compromisso com as regras da Associação Brasileira de Vaquejada e a apresentação dos novos integrantes da diretoria liderada pelo presidente, Felipe Cortez.

Bolão em Currais Novos

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e texto

Blog do Vaqueiro APRESENTA as Premiações do Parque Zé de Alcindo


sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Circuito Pernambucano 10 anos

A imagem pode conter: 1 pessoa

Roberto Cardoso e Raul Tavares unificam equipe para 2017

Roberto Cardoso e Raul Tavares
A concorrência que fique esperta, pois dois dos maiores donos de equipes de vaquejada do país anunciaram a parceria que vai dar o que falar na temporada 2017 do Campeonato Portal. Roberto Cardoso, dono da Fundações LTDA, e Raul Tavares, do Haras Tavares, confirmaram a unificação dos times cearenses.

Roberto Cardoso e Raul Tavares estão preparados para buscar o título de Melhor Equipe Profissional deste ano e esse é o grande foco do time representado por Alex Araújo e Adelanir. As equipes com sede em Fortaleza-CE estão com uma tropa de fazer inveja.
DRIFTY SIXTY montado por Alex e CONAN BRYAN na sela de Adelanir
São sete animais cadastrados no Campeonato Portal. Cinco cadastrados de Roberto Cardoso e dois de Raul Tavares que inclui os cavalos de Puxar: Special Lover Too, Drift Sixty, Duty Free Cactus HGG, Conan Bryan e Calendário Shady; e os animais de esteira: Ferrari Made Man e Capitu Cody Chex.

Os dois chefes de equipes são conhecidos nacionalmente pela capacidade de investir no esporte e pelo espírito competitivo. Roberto Cardoso anunciou em 2016, durante a premiação Melhores do Ano, que estaria de volta ao CPV para repetir os feitos de 2015 e 2013 e conquistar o maior número possível de troféus. Raul Tavares por sua vez foi consagrado o melhor proprietário de animais de vaquejada em 2015 pela premiação ABQM Awards, em São Paulo SP.
Cadastro de animais: pelo email adm@portalvaquejada.com.br ou pelo telefone (81) 99167-1727 ou 99670-3349 (Falar com Pedro Neto).
Fotos: Renan Leôncio 

ACARI/RN - APRESENTA

A imagem pode conter: texto

quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

Congresso ABVAQ surpreende com grande público

Foto Rodrigo Martins
Cerca de 350 pessoas, entre profissionais de trabalho, veterinários, zootecnistas e demais representantes da Vaquejada lotaram o auditório do SESI, em João Pessoa -PB, para o terceiro Congresso da Associação Brasileira de Vaquejada. O evento aconteceu durante todo o dia desta terça-feira, 10, e contou com participantes não apenas da Paraíba, mas também dos estados de Pernambuco, Rio Grande do Norte e Alagoas. "Esta é a prova de que todos nós estamos concentrados em regulamentar nosso esporte. Estamos impressionados com o apoio que recebemos e com a dedicação de cada profissional ao procurar se especializar e adquirir novos conhecimentos.", destacou o presidente da Abvaq, Paulo Filho.

Devido a grande procura e mesmo com outros eventos já programados para o próximo dia 17, em Teresina-PI, e 24, em Aracaju-SE, a Abvaq já está planejando um congresso em Brasília-DF. O presidente Paulo Filho deve anunciar a data nos próximos dias, mas já adiantou que o evento deve ocorrer no mês de Fevereiro. "O objetivo da Abvaq é levar informações sobre o novo regulamento a todas as partes do Brasil.", finalizou Paulo Filho.
Além do congresso, a Abvaq promoveu o curso de Bem-Estar Animal para veterinários, zootecnistas e chefes de curral. O veterinário Fernando Barbosa foi um dos ministrantes do curso explicou a função dos juízes de Bem-Estar Animal durante as provas homologadas pela Abvaq. " Nós mostramos técnicas de como tratar de forma humanitária todos as espécies envolvidas na Vaquejada, tanto os bois quanto os cavalos, o modo de transporte e de como recebe-los nas provas. Dessa maneira manteremos a harmonia para que a prova prossiga sem nenhum dano aos animais.", resumiu.
Segundo o regulamento da Associação Brasileira de Vaquejada, cada competição terá no mínimo um médico veterinário de plantão e um ou dois juízes de Bem-Estar Animal, que podem ser dois veterinários ou zootecnistas. A equipe também deve contar com auxiliares. Neste caso, o cargo é ocupado por técnicos da área. O número de participantes deve ser proporcional ao tamanho da prova. Estes profissionais serão responsáveis por fiscalizar toda a área de competição, manejo dos animais e demais fatores que favorecem o Bem-Estar animal.
Outro ponto importante foi a apresentação do regulamento, que apresente algumas mudanças com relação a 2016. “Um dos pontos principais envolve a preocupação da ABVAQ em dar oportunidade do competidor recorrer um resultado que não lhe for favorável. Acho que isso é legal porque cria uma terceira instancia na vaquejada.”, explicou o Juiz de Vaquejada, Jorge Anastácio. Ele ainda afirmou que o regulamento nacional da ABVAQ será publicado no site da instituição nos próximos dias.

A nova contratação do Haras Brejo Das Flores já está alinhada para a temporada 2017.

O vaqueiro Nego Edson é a nova aposta do time e lavará o nome da casa do garanhão Dom Roxão pelo Brasil durante esse ano , vaqueiro de renome, Nego Edson é ganhador de diversos prêmios no esporte e sem dúvidas será um ótimo reforço para o Haras Brejo Das Flores, desejamos boa sorte e que venha muitos prêmios nessa temporada.

terça-feira, 10 de janeiro de 2017

O Parque & Haras Vila Cowtry vai comemorar dez anos de vaquejada

Uma grande programação está sendo preparada para comemorar os dez anos de vaquejada no Parque & Haras Vila Cowtry em Sumé-PB. A festa de gado promovida por Macarrão Tibiu vai de 19 a 22 de janeiro com R$ 112 mil em prêmios, uma excelente boiada e muito forró na nova casa de shows que será inaugurada no sábado, dia 21.
Para receber vaqueiros e o público, em seus dez anos, o parque passou por uma grande reforma e ampliação contando agora com uma nova e aconchegante casa de shows com capacidade para cinco mil pessoas. A pista está sendo melhorada, foram construídos alambrados e agora quem estiver nos shows também pode assistir a corrida. A churrascaria também foi reformada e os banheiros, inaugurados no ano passado foram melhorados.
A prova que contará pontos na segunda etapa do Circuito PE-PB  já abriu inscrições antecipada pelo site para as categorias Profissional, Amador, Aspirante e Tropa Feminina. Uma novidade para este ano é a modalidade Estrelas, uma Tropa de Elite onde concorrerão apenas os Aspirantes que correrem a classificação valendo R$ 5 mil.  
 
Para comemorar em grande estilo os dez anos de vaquejada no Parque & Haras Vila Cowtry, Macarrão Tibiu preparou um forró autêntico com Aduílio Mendes, Cavalo de Pau e Katia Cilene. Tudo isso na nova casa de shows totalmente coberta com área vip e camarotes confortáveis. “Sumé vai viver grandes emoções com o aniversário de sua vaquejada que já entrou para o calendário turístico do Carirí e reúne, todo ano, vaqueiros e visitantes de diversos estados do Brasil. Estamos esperando de porteiras abertas,” declarou Macarrão.

O Mar vai virar Sertão no Leilão Aliança Sunset

Leilão Aliança edição 2015 - Foto de Renan Leôncio
A vaquejada evoluiu muito e entra 2017 com tudo. Essa evolução também já chegou aos leilões que estão buscando novas formas de proporcionar vendas de maneira mais criativa e divertida, oferecendo maior comodidade aos clientes criadores de cavalos. Foi com esse pensamento que os promotores do Leilão Aliança, realizado por muito tempo em Pilar-AL no Parque Arthur Filho, resolveram transferir o evento para uma das mais belas e paradisíacas praias do estado: Barra de São Miguel.

O pregão acontecerá no dia 20 de janeiro a partir das 19h numa superestrutura montada a beira mar com muita paixão, lazer e amizade reunidos em um só lugar.  A tropa terá uma ampla variabilidade genética, com descendentes de: Silver Wild (Roxão), Apolo VM, Shady Steel, Destiny Steel, Napoleo SUS, Don Diego Bars e Wild Dash SLN.
No total, serão 40 lotes, para provas de vaquejada, tambor e velocidade. A tropa será composta por doadoras de embriões, égua campeã e produtora de vaquejada, além de animais ganhadores de mais de R$ 200 mil em prêmios e fêmeas com prenhes positiva. O garanhão The Speed Racer será lançado nacionalmente como reprodutor e suas vendas de coberturas será uma das atrações do remate.
Praia Barra de São Miguel, Alagoas
Rodrigo Loureiro, presidente da leiloeira Agreste Leilões e um dos promotores do evento em parceria com Celso Pontes de Miranda do Haras CPMF, garante que esse novo formato tem tudo para agradar e virar tendência nessa época de férias. Falando no potencial produtivo de cavalos no Nordeste, ele acrescentou: “ Na atualidade há uma geração produtiva de criadores e animais que ajudam a consolidar a indústria do Quarto de Milha. Hoje temos grandes haras, com amplas estruturas e  verdadeiras fábricas de QM. O resultado disso, de tanto investimento em cruzamentos, cuidados com genética e manejo, a gente confere em pista com animais de alto rendimento e que logo   sagram-se campeões”, declarou.

Ministro do STF afasta entendimento de proibição nacional da Vaquejada

Foto de Renan Leôncio
A primeira semana de 2017 trouxe notícias animadoras para os amantes da Vaquejada. Após o ministro do STF Teori Zavascki expressar, em decisão monocrática, que a Vaquejada não está proibida em todo território nacional, o MPPE (Ministério Público do Pernambuco) publicou nova orientação aos Promotores de Justiça.

A orientação dada é para que os membros do MP do Pernambuco voltem a firmar termos de ajustamento de conduta (TACs) e a fiscalizar a realização das Vaquejadas. A medida é para assegurar o cumprimento das regras de proteção aos animais estabelecidos pela ABVAQ (Associação Brasileira de Vaquejada).
Veja abaixo a nota completa divulgada pelo MPPE:

Ministro do STF Teori Zavascki afasta o entendimento de que a Vaquejada deve ser proibida nacionalmente. MPPE publica nova orientação aos promotores de Justiça

09/01/2017 - O Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça de Defesa do Meio Ambiente do Ministério Público de Pernambuco (Caop Meio Ambiente/MPPE) publicou, no Diário Oficial de 7 de janeiro, a Nota Técnica nº3, que readéqua as orientações para os promotores de Justiça em relação às vaquejadas. Os membros devem voltar a fiscalizar a realização desses eventos e tomar termos de ajustamento de conduta dos organizadores a fim de assegurar a adoção das regras de proteção aos animais estabelecidas pela Associação Brasileira de Vaquejada (Abvaq), exatamente nos termos da Nota Técnica nº 1, de 14 de outubro de 2016.
Segundo o Caop Meio Ambiente, a mudança de orientação tem a finalidade de alinhar a atuação dos promotores de Justiça com atuação na Defesa do Meio Ambiente com a mais recente decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), expressa em decisão monocrática exarada pelo ministro Teori Zavascki na Reclamação Constitucional (RCL) nº25.869/PI. A decisão, que manteve sentença proferida pela Justiça do Piauí autorizando a realização de vaquejada na cidade de Teresina, foi publicada no Diário de Justiça Eletrônico de 13 de dezembro de 2016.
“Na mais recente decisão, o ministro expressamente declarou que do julgamento da Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) nº 4983 não é cabível, até o presente momento, extrair conclusão no sentido da proibição da prática da vaquejada em todo o território nacional”, destacou o Caop Meio Ambiente, na nota. O STF apreciou a ADI nº 4983 pelo STF em outubro de 2016 e julgou inconstitucional uma lei estadual do Ceará que regulamentava a vaquejada como prática desportiva e cultural daquele Estado.
Para o coordenador do Caop Meio Ambiente, promotor de Justiça André Felipe Menezes, ao indeferir a reclamação o ministro Teori Zavascki expressou que não havia ainda, por parte do colegiado do STF, entendimento quanto à extensão da decisão de outubro de 2016. “Ao Ministério Público cabe, segundo a Constituição Federal, a defesa da ordem jurídica. Após esse posicionamento do ministro Zavascki, prevalece o entendimento anterior, de que cabe a nós aguardar a publicação do acórdão do STF e o trânsito em julgado da ADI nº4983”, ressaltou André Felipe Menezes.
Dessa maneira, em razão da preservação da segurança jurídica, os membros do MPPE devem desconsiderar as orientações da Nota Técnica nº2 de 24 de novembro de 2016, por meio da qual o Caop Meio Ambiente havia repassado o entendimento de que o STF havia erigido proibição geral da realização de vaquejadas no país. O Caop Meio Ambiente encaminhou a Nota Técnica a todos os integrantes do MPPE por e-mail e também informou que continua à inteira disposição dos promotores de Justiça do MPPE para esclarecimentos complementares, seja por e-mail (caopmape@mppe.mp.br) ou por telefone.
Histórico – a atuação dos promotores de Justiça para resguardar a integridade física dos animais nas vaquejadas é assunto prioritário desde 31 de julho de 2015, quando o Caop Meio Ambiente expediu comunicação orientando os membros do MPPE a exigirem dos organizadores desses eventos o compromisso de adotar as boas práticas elencadas pela Abvaq para evitar maus-tratos contra bovinos e equinos nas festas.
No ano de 2016 o STF julgou a ADI nº4983, por meio da qual o procurador-geral da República questionou a constitucionalidade da Lei Estadual nº15.299/2013, do Ceará. A decisão, por seis votos a cinco, foi pela inconstitucionalidade da lei. Na ocasião, o MPPE orientou seus membros a continuar formalizando os TACs com os organizadores de vaquejadas e aguardar a publicação do acórdão do STF.
Entidades de defesa dos animais propuseram a RCL nº25.869/PI contra decisão proferida pela 2ª Vara da Fazenda Pública de Teresina, que manteve a realização de vaquejada marcada para o mês de dezembro de 2016. Os reclamantes alegaram que a decisão da Justiça Estadual ofendia a autoridade do STF no que diz respeito ao julgamento da ADI. Porém, o ministro Teori Zavascki pontuou, na decisão da RCL, que a decisão contrária à lei cearense não determina o impedimento da realização de vaquejadas de forma geral.

Rodada de Sergipe abre CPV 2017, em fevereiro

A vaqueirama ainda tem um pouco mais que 20 dias para descansar a tropa até que as competições do Campeonato Portal recomecem em 2017. A temporada já conta com uma etapa, realizada em dezembro de 2016 durante a Vaquejada Portal no Parque Rufina Borba (em Bezerros-PE) e retoma o ritmo com a sequência sergipana.
As festas de gado em Itabaianinha e Lagarto somam R$ 410 mil em prêmios e prometem aquecer a economia do Estado. A vaqueirama que for competir em Sergipe pode usufruir da cômoda distância entre as cidades que sediam as etapas do Campeonato Portal – 67,2 Km.
O Parque Gabriel Mota inicia as competições no dia 02 de fevereiro e finaliza dia 05, em Itabaianinha. Sob a direção de Janier e Família, o parque inaugura uma estrutura moderna com premiação para os vaqueiros Profissionais, Amadores, Aspirantes e o Derby Chantal Roxo. A balada do vaqueiro será animada por Mano Walter, Gabriel Diniz e a banda Unha Pintada.
Geraldo Majela
Na semana seguinte o Parque das Palmeiras reabre suas porteiras para mais um grande evento promovido por Geraldo Majella e Família. O Parque conquistou os maiores prêmios do CPV 2016 e hospeda a grande campeã nacional – VICTORY JET. A equipe do hexacampeão Celso Vitório faz a festa dos vaqueiros com premiação superior a R$ 300 mil, rateada entre as categorias: Profissional, Amador, Aspirante, Derby, Feminino e Jovem.

A vaquejada Top de Sergipe recebe também o GP THROWIN A FIT, promovido pelo Haras LM. Os filhos do único garanhão que promove um Grande Prêmio de Vaquejada no país concorrem a R$ 100 mil em prêmios.

quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

A Vaquejada do MILHÃO

Nenhum texto alternativo automático disponível.

A Geração 2017 ta Chegando

A imagem pode conter: texto

Vaquejada do Parque Haras Vila Cowtry (PB) 2017.01

Img-20161209-wa0072



Data: 19/01/17 à 22/01/17 
Local: PARQUE HARAS VILA COWTRY 
Cidade - UF: SUME - PB 
Premiação: R$ 112.000 
Organização: Macarrao Tibiu e Marcelo Locutor

Leilao Aliança Sunset (AL) 2017.01

2017-01-leilaoalianca

Data: 20/01/17 à 20/01/17 
Local: ALIANÇA SUNSETE 
Cidade - UF: BARRA DE SAO MIGUEL - AL 
Organização: Haras CPMF (Celso Pontes de Miranda Filho), Haras MSL (Marcus e Rodrigo Loureiro)


Vaquejada do Parque Francisco Felix (PB) 2017.01

Img-20161209-wa0070



Data: 12/01/17 à 15/01/17 
Local: PARQUE FRANCISCO FELIX 
Cidade - UF: GUARABIRA - PB 
Premiação: R$ 80.000 
Organização: Lucas Cavalcante, Diogo Pacheco e Walter Original

Vaquejada do Kibebi Park Show (PE) 2017.01

Img-20161209-wa0069


Data: 05/01/17 à 08/01/17 
Local: GRUPO KIBEBI 
Cidade - UF: JATAUBA - PE 
Premiação: R$ 112.000 

CAMPOV informa calendário da temporada 2017

Campov

A diretoria do Campeonato Potiguar de Vaquejada (CAMPOV) informa o calendário da temporada 2017.
Serão mais de R$ 180.000,00 em prêmios
Confira as etapas:
I etapa
10, 11 e 12 de Março de 2017
Parque Manoel Januário - Montanhas/RN
II etapa
21, 22 e 23 de Abril de 2017
Parque Luiz Marinho - Monte Alegre/RN
III etapa
19, 20 e 21 de Maio de 2017
Parque Paulo Barbalho - Goianinha/RN
IV etapa
30 de Junho, 01 e 02 de Julho de 2017
Parque Haras Jardim - Espirito Santo/RN

Cavalo se despede do seu dono durante sepultamento de jovem na cidade de Cajazeiras


2017-01-cavalonospultamento
O sepultamento de Wagner de Lima Figueiredo, 34 anos, funcionário da prefeitura de Cajazeiras, falecido na segunda-feira (02/01), em decorrência de um acidente de moto ocorrido em Mossoró causou muita comoção.
Amante da vaquejada, o funeral também foi marcado por homenagens de amigos vaqueiros que compareceram montados e o cavalo de Wagner também foi levado.
Inconsolada, a família lamentou a perda prematura do cajazeirense e deu o último adeus a Wagner com muita dor.



Fotos: Diario do Sertão

Alo Vaqueiro e Amazonas Prepara a Tropa pra mais uma Cavalgada porque VEM AI!!!!!

Nenhum texto alternativo automático disponível.


4ª Cavalgada dos amigos em Punau/RN Cavalgada essa que já é tradição na pequena terra de Punau e que vem puxando multidoes de vaqueiros amazonas amigos e familiares, Neste dia 15 de Janeiro que dará inicio as 09:00 horas Domingo e a convite do BLOG DO VAQUEIRO venho chamar essa vaqueirama e amantes de cavalgadas a virem prestigiar essa cavalgada.

Camisas no valor de R$ 50,00 reais 
Com direito a 
* ÁGUA MINERAL
* REFRIGERANTE
* CERVEJA
* CAFE DA MANHA 
* ALMOÇO 
E muito forro para vaqueirama 
Mais atenção a sua camisa servira como entrada da festa 

Mais Informações : (084) 9 9841-2606 - Falar com Bruno Silva 
                                   (084)9 91052362 - Falar com G do Coco
(084) 9 91487719 - Falar com Marcilio

Presidente da ABVAQ reúne chefes de equipe no RN













Nesta quarta feira, o presidente da ABVAQ, Paulo Filho "CUCA" esteve reunido no Rio Grande do Norte com representantes de todos os circuitos do estado e com os principais promotores de vaquejadas do estado. Na ocasião foi apresentado o novo regulamento e tomada algumas decisões para o aperfeiçoamento da vaquejada para o ano de 2017.
Paulo Filho levou a palavra de união e aproximação das entidades e promotores para o melhoramento do esporte, visando a regulamentação e foi bem recepcionado. A ABVAQ teve apoio de todos que fazem e promovem as principais vaquejadas no Rio Grande do Norte.
Por fim, firmou-se o compromisso de repassar as informações e o regulamento para outros promotores de vaquejadas, que não estavam presentes na reunião.
Presentes na reunião:
ABAQM - Paulo Saldanha - vice presidente
ASSOVARN - Ney Kelsen, vice presidente
ASSOVASN- DANIEL Ferreira _ Presidente
ASSOVASB- GEOMAR Presidente
ASSOVALE / CIRCUITO DOS AMIGOS-  Nuilson
CAMPOV- Osvaldinho
ANQM- Raphael Lamartine e Deyvson Nunes
NQMV - Renato Gadelha
Conselheiro ABVAQ- Cassimiro Alves
Pq São José - MacAiba- Dede
Pq Arapuá - Ivo- Santo Antônio
Pq Paulio Barbalho- Odilon
Pq LUIZ Marinho- Monte Alegre- Lula
Pq SBM- Currais Novos- Jarbinhas
Pq Afrisio B Silva- Santo Antônio- Rodrigo
Pq Lourival Pereira - Ceara Mirim- Breno
Pq Otaviano Pessoa- Macaiba- Ney
Pq DCL- Nova Cruz- Marcelo Jr/ Rogerio
Pq Dede Justino- Lagoa Pedra- Alex

Égua Gata é o novo reforço do Parque Dedé Justino para 2017

A égua Gata é o novo reforço do Parque Dedé Justino para 2017. A equipe já conta com a genética do jovem garanhão PlayBoy Nubar, irmão do consagrado Harlenes Top Cody ''Clandestino”, Gata &eacut e; a primeira grande aposta anunciada para a próxima temporada.
 
O investimento do Parque Dedé Justino foi alto para adquirir o animal que pertencia a Fazenda Magalhães de Monte das Gameleiras (RN).
 
O vaqueiro Alex Justino já se prepara para colocar em prática a especialidade da égua castanha em puxar pela direita.
 
Fotos: Rodolpho Bryan 

Veja as etapas do Campeonato Potiguar de Vaquejada

campov

A 2ª Vaquejada do Major Eternaly promete ser grande

A Nova Vaquejada chega em 2017 bem melhor e cheia de novidades, que na certa, agradarão a todos. Em Guarabira-PB a cancela será aberta dia 12 de janeiro, numa festa de gado que vai até o domingo, dia 15 com R$ 80 mil na premiação. Trata-se da Segunda Grande Vaquejada do Major Eternaly no Parque Francisco Felix, um dos mais bem estruturados da região e que mostrou seu potencial na primeira prova que promoveu no ano passado.
Participarão da corrida vaqueiros representantes das categorias Aberta, Amador, Aspirante e Iniciante. A boiada foi cuidadosamente selecionada para que os competidores possam sair satisfeitos correndo boi numa pista bem forrada e dentro dos padrões oficiais ABVAQ. O clima ameno da cidade de Guarabira e as belezas naturais da região do Brejo paraibano serão atrações à parte para os visitantes que também poderão degustar uma boa cachaça fabricada por lá.
Dentro da programação da Segunda Grande Vaquejada do Major Eternaly está sendo oferecida três motos (um para cada categoria), numa premiação especial para os filhos do garanhão Major Eternaly que conquistar o primeiro lugar. Essa é a grande chance de começar o ano ganhando muito, conquistando prêmios nos filhos deste grande craque das pistas de vaquejada.
A organização do evento tem a frente os amigos Lucas Cavalcante, Diogo Pacheco e Walter Original, que garantem muito forró no sábado, dia 14, ao som de Cavalo de Pau, Edulima e Rafa Sacanão. “Se a primeira foi boa essa segunda será bem melhor, pois corrigimos o que tinha de corrigir e melhoramos no geral para atender bem aos vaqueiros, criadores, chefes de equipes, forrozeiros e  ao público,” garantiu Lucas Cavalcante.

 

ABVAQ vai promover congresso com cursos para profissionais de vaquejada

                                               abvaq

A Associação Brasileira de Vaquejada (ABVAQ), visando profissionalizar ainda mais a realização das provas em 2017, priorizando o bem-estar animal e a segurança dos vaqueiros e trabalhadores envolvidos nas festas de gado, estará promovendo o Congresso de Profissionais das Vaquejadas Padrão ABVAQ 2017. O Congresso acontecerá em três capitais nordestinas durante o mês de janeiro.
Segundo a direção da ABVAQ, o principal objetivo do evento é aprimorar a mão de obra dos profissionais envolvidos na realização das provas da Vaquejada Legal, bem como os informar sobre a legislação vigente a respeito da nova conjuntura deste esporte. Essa é a grande chance para que os profissionais que já trabalham se profissionalizem e também uma oportunidade de emprego para outras pessoas que poderão se especializar para atuarem no seguimento a partir de 2017.
O congresso será regionalizado e foi dividido em três regiões, sendo que a primeira edição acontecerá em João Pessoa, capital da Paraíba, no dia 10 de janeiro das 8:00h às 17:00h. Já a segunda edição será em Terezina-PI no dia 17/01 no mesmo horário, enquanto que, a terceira será realizada em Aracajú-SE dia 24/01 também das 8:00h às 17:00h. Os locais exatos onde acontecerão as edições do Congresso de Profissionais das Vaquejadas serão anunciados ainda essa semana durante a realização das inscrições.
Ainda de acordo com a ABVAQ, o Congresso tem como público alvo os seguintes profissionais: Juízes, locutores, anotadores, chefes de curral, calzeiros, filmagem, juízes de bem-estar animal e outros. Sendo que haverá curso técnico para juízes de bem-estar animal e chefes de curral dentro da programação.
A novidade será a implantação e exigência do Juiz de Bem-estar Animal nas provas oficiais da ABVAQ que exigirá o certificado desses profissionais e por isso estará promovendo o curso durante o Congresso. Só poderão fazer este curso os graduados e formados nos cursos de zootecnia, zootecnologia, zootécnica, medicina veterinária e chefes de Curral. Os chefes de curral não serão habilitados para serem juízes de bem-estar animal, apenas aperfeiçoarão suas habilidades para o correto manejo da boiada.
O curso terá a duração de 8 horas/aula e a tabela de preço das inscrições é a seguinte: Veterinário R$300,00; Zootecnista R$200,00; Zootecnólogo R$200,00; Zootecnólogo R$200,00; Zootécnico R$100,00; Chefes de Curral R$200,00 e estudantes dos cursos citados R$100,00. Os interessados deverão fazer suas inscrições antecipadas pelo telefone: (83) 99673-2710. Lembrando que para os demais profissionais de vaquejada não serão cobradas inscrições.

Entre os assuntos importantes abordados no Congresso estarão: A situação atual da vaquejada; O regulamento da ABVAQ para 2017; O Manual de Julgamento de Boi; A nova conjuntura da vaquejada legal; Analise acerca da viabilidade de criação do sindicato dos servidores profissionais de vaquejada, com a colaboração da ABVAQ; Estudo acerca da viabilidade de contratação de seguro de proteção para competidores e servidores profissionais da vaquejada legal e avaliação para juízes e locutores.
Agora é para valer e 2017 será o ano em que a vaquejada deverá ser regulamentada e aperfeiçoada para o bem de todos, com regras e medidas inovadores e mais rigorosas. Lembrando que, dentro deste novo modelo, a partir de 2017, só poderão atuar nas vaquejada padrão ABVAQ aquele profissional que possuir o certificado de qualificação ou de participação do congresso ABVAQ.

mais informações: http://www.abvaq.com.br/

sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

ABVAQ promove cursos para profissionais de vaquejada

A Associação Brasileira de Vaquejada (ABVAQ), visando profissionalizar ainda mais a realização das provas em 2017, priorizando o bem-estar animal e a segurança dos vaqueiros e trabalhadores envolvidos nas festas de gado, estará promovendo o Congresso de Profissionais das Vaquejadas Padrão ABVAQ 2017. O Congresso acontecerá em três capitais nordestinas durante o mês de janeiro.
Segundo a direção da ABVAQ, o principal objetivo do evento é aprimorar a mão de obra dos profissionais envolvidos na realização das provas da Vaquejada Legal, bem como os informar sobre a legislação vigente a respeito da nova conjuntura deste esporte. Essa é a grande chance para que os profissionais que já trabalham se profissionalizem e também uma oportunidade de emprego para outras pessoas que poderão se especializar para atuarem no seguimento a partir de 2017.
O congresso será regionalizado e foi dividido em três regiões, sendo que a primeira edição acontecerá em João Pessoa, capital da Paraíba, no dia 10 de janeiro das 8:00h às 17:00h. Já a segunda edição será em Terezina-PI no dia 17/01 no mesmo horário, enquanto que, a terceira será realizada em Aracajú-SE dia 24/01 também das 8:00h às 17:00h. Os locais exatos onde acontecerão as edições do Congresso de Profissionais das Vaquejadas serão anunciados ainda essa semana durante a realização das inscrições.
Ainda de acordo com a ABVAQ, o Congresso tem como público alvo os seguintes profissionais: Juízes, locutores, anotadores, chefes de curral, calzeiros, filmagem, juízes de bem-estar animal e outros. Sendo que haverá curso técnico para juízes de bem-estar animal e chefes de curral dentro da programação. 
A novidade será a implantação e exigência do Juiz de Bem-estar Animal nas provas oficiais da ABVAQ que exigirá o certificado desses profissionais e por isso estará promovendo o curso durante o Congresso. Só poderão fazer este curso os graduados e formados nos cursos de zootecnia, zootecnologia, zootécnica, medicina veterinária e chefes de Curral. Os chefes de curral não serão habilitados para serem juízes de bem-estar animal, apenas aperfeiçoarão suas habilidades para o correto manejo da boiada. 
O curso terá a duração de 8 horas/aula e a tabela de preço das inscrições é a seguinte: Veterinário R$300,00; Zootecnista R$200,00; Zootecnólogo R$200,00; Zootecnólogo R$200,00; Zootécnico R$100,00; Chefes de Curral R$200,00 e estudantes dos cursos citados R$100,00. Os interessados deverão fazer suas inscrições antecipadas pelo telefone: (83) 99673-2710. Lembrando que para os demais profissionais de vaquejada não serão cobradas inscrições. 
 
Entre os assuntos importantes abordados no Congresso estarão: A situação atual da vaquejada; O regulamento da ABVAQ para 2017; O Manual de Julgamento de Boi; A nova conjuntura da vaquejada legal; Analise acerca da viabilidade de criação do sindicato dos servidores profissionais de vaquejada, com a colaboração da ABVAQ; Estudo acerca da viabilidade de contratação de seguro de proteção para competidores e servidores profissionais da vaquejada legal e avaliação para juízes e locutores. 
Agora é para valer e 2017 será o ano em que a vaquejada deverá ser regulamentada e aperfeiçoada para o bem de todos, com regras e medidas inovadores e mais rigorosas. Lembrando que, dentro deste novo modelo, a partir de 2017, só poderão atuar nas vaquejada padrão ABVAQ aquele profissional que possuir o certificado de qualificação ou de participação do congresso ABVAQ.

quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

Tropa dos Patrões vai dar 10 mil prêmios

patroes

Apesar da PEC 50 não ter entrado em pauta, ABVAQ comemora vitórias em 2016

Não foi desta vez, mas está mais perto do que longe a regulamentação da vaquejada como cultura desportiva. A ideia era fechar o ano com a votação em primeiro turno no Senado da PEC 50, autoria do Senador baiano Otto Alencar. Prevista para entrar na pauta da sessão do dia 14 de dezembro, a votação não aconteceu por conta de outras discussões que acabaram esvaziando a reunião e provocando a falta de quórum e foi adiada para 2017, com a garantia de ser apresentada assim que retornarem as atividades no Senado. A PEC 50 aprovada dará a segurança jurídica definitiva que o esporte precisa.
Mas o que dizer de 2016, em se tratando de vaquejada? Podemos afirmar que não foi lá essas coisas e entra para a história como um dos mais conturbados. Foi o ano em que veio à tona a perseguição contra o mais autêntico esporte cultural nordestino com ativistas tentando influenciar a sociedade a se posicionar contra a vaquejada. O Supremo Tribunal Federal (STF) de forma precipitada julgou inconstitucional a Lei Estadual cearense nº 15.299/13, referente à regulamentação das vaquejadas como práticas esportivas. Essa decisão abriu espaço para que outras comarcas chegassem ao ponto de proibir provas equestres em alguns locais.
Por outro lado pode-se dizer que 2016 foi o ano em que a vaquejada se fortaleceu com a união e conscientização de todos em prol da sua regulamentação. Com a Associação Brasileira de Vaquejada (ABVAQ) na linha de frente travou-se uma batalha judicial e formou-se uma mobilização nacional culminando com a mais ordeira, bonita e eficiente manifestação de todos os tempos na Esplanada dos Ministérios em Brasília no dia 25 de outubro. O ato de Brasília foi a prova de que juntos somos mais fortes.
A ABVAQ, que há tempo vinha cuidando do bem-estar animal com regras inovadoras e rigorosas, contidas no seu Regulamento Unificado, elaborado cuidadosamente para proteger os animais, os vaqueiros e colocar nos eixos as provas da modalidade, cumpriu o seu papel mobilizando a nação vaqueira para de forma ordeira enfrentar os ativistas e desmistificar a vaquejada, que chegou a sofrer descriminação e até ser desrespeitada como cultura nordestina.   
A luta começou a dar resultado os políticos abraçaram a causa e conseguiram aprovar uma lei tornando a vaquejada, rodeio e outros esportes equestres Patrimônio Imaterial do Brasil. Mais três Propostas de Emenda Constitucional (PEC) estão em andamento com a finalidade de tornar a vaquejada legal e assim acabar essa tenção.
Entre as tantas vitórias, incluindo a conscientização de vaqueiros, criadores e promotores de eventos, podemos contabilizar a decisão do Ministro do STF, Teori Zavasky, afirmando que a vaquejada não está proibida e pode continuar acontecendo com a segurança jurídica que precisa.
O vice-presidente da ABVAQ, Jonatas Dantas, lembrou que a luta não foi fácil em 2016, mas avalia como um ano de união entre a vaqueirama e os que amam o cavalo. ?2016 foi um ano difícil para todos os brasileiros e principalmente para os amantes da vaquejada, depois da tentativa do STF de banir nosso esporte. Mas não entregamos os pontos, somos nordestinos, fortes e merecemos respeito. Unidos mostramos ao Brasil e ao mundo a importância das nossas tradições culturais e corremos atrás para garantir a alegria desse povo que trabalha, reza e tem o sagrado direito de se divertir. Não podemos acabar com a maior alegria do povo nordestino que é a vaquejada. 2017 será um ano muito importante para o nosso esporte. Vamos trabalhar duro pela regulamentação e para que o STF reveja a sua decisão, pois aqueles que votaram contra não calcularam a dimensão e a importância cultural, esportiva e financeira para o Brasil e principalmente para o Nordeste, onde gera mais de 700 mil empregos. Vamos com muita fé e união continuar defendendo a vaquejada em 2017 e sempre,? disse Jonatas Dantas.
Outro que avaliou como positivo a luta em favor da vaquejada em 2016 foi o presidente da ABVAQ, Paulo Fernando Filho, ( Cuca ). ?Acredito que nada se constroí sem trabalho e união. Trabalhamos muito em 2016 para salvar nosso esporte e avançamos graças a união da classe que foi capaz de reverter a situação indo para as ruas e revendo conceitos até ganhar adeptos na sociedade, nos tribunais e na política. Tomamos um grande susto com a decisão do STF ao proibir a lei do Ceará, mas serviu para a gente arregaçar as mangas e colocar em prática a Nova Vaquejada, priorizando o bem-estar animal. Que venha 2017 com a Vaquejada Legal proporcionando emprego e renda, estimulando o turismo de eventos, mantendo a cultura nordestina forte e oferecendo lazer a esse povo trabalhador, religioso e festeiro. Aproveitamos para desejar a todos um Feliz Natal e um Ano Novo cheio de conquistas! ? declarou Cuca.

Taty Vaqueira, sucesso na internet com seus versos e toadas, agora passa ser um potencial sucesso nos palcos.

10ª Vaquejada Parque Haras Vila Cowtry - Etapa Circuito PE/PB - 2017 Premiação Total R$ 112.000,00


T
elefones: (83) 99981-1686/ 99658.4039


        Período: 19 a 22 de Janeiro de 2017

Local: Parque Vila Cowtry - Sumé-PB

 Contato: Macarrão Tibiu e Marcelo Locutor

1ª Vaquejada do Parque Gabriel Mota - Etapa do CPV - 2017






Premiação Total R$ 110.000,00







        Periodo: 2 a 5 de Fevereiro de 2017
 Local: Parque Gabriel Mota - Itabaianinha-SE
 Contato: Janier e Família